Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, dezembro 30

...

"Eu acho que uma pessoa é gostosa não pelos quilos que ela tem, mas sim pelo nível de bom senso, safadeza e inteligência. "

sábado, dezembro 26

Final de ano..

"Então é natal, a festa cristã... o ano termina e nasce outra vez. Então, bom natal e um ano novo também, que seja feliz quem souber o que é o bem..."
Então, é natal a hipocrisia cristã.... o ano termina e nasce igualzinho outra vez... Então, feliz natal a você que me odeia... a voce que não me quer bem.. Vamos celebrar a hipocrisia!
Que sejam felizes todas as pobres crianças que almejam apenas um bom pedaço de frango, ou um prato cheio de comida!
Claro que não podemos deixar que faltem os fogos de artifícios, os nossos amigos que embelezam as nossas noites, mas que não matam a fome dos nossos irmãos brasileiros.. Vamos celebrar a desigualdade que fica ainda mais evidente em todo o fim de ano!
Vamos todos juntos em corrente nesta missão. Vamos de mãos dadas celebrar a tudo isso!
Vamos, vamos, vamos!

sábado, novembro 21

Negando o amor

Impossível esquecer
o teu corpo junto ao meu,
aquele calor que deu
inundou todo o meu ser

Os nossos corpos tudo junto
tudo num corpo só
tudo resumiu-se em apenas uma coisa:
o calor meu no corpo teu.

Como esquecer o gosto do beijo,
o roçar da tua pela
e a aquela tua cara de prazer
que antecede o gozo?

Teu cheiro em mim,
tua boca, minha boca
nossa boca,
Nossas bocas

que passeiam pelo corpo todo
que causam aquele arrepio bom
que faz com que eu te puxe mais para mim,
que me enloquece...

Mas você veio e logo partiu,
se foi...
Não me telefonou para dizer algo,
só me deixou a vontade

e um coração todo apertado,
sedento, apertado.
Dói pensar no que fizemos,
dói saber que nunca mais

seremos os mesmos
um com o outro...
E eu aqui fico
mais uma vez

sozinho com o peito cheio de paixão,
de sentimento e desejo..
Guardo em mim a vontade
de te ter novamente

Fica em mim essa saudade que lateja,
que machuca, que mata..
Enfim, guardo em mim
a imagem, o ato

mas de que adianta?
Você me mata cada dia mais e mais,
e me deixa fraco, tolo, desiludido!
Me devore de uma vez.

Me devore logo,
estraçalha-me e me faz sofrer
porque essa ausência, essa indiferença
me deixa tão impotente...

Vivo o martírio.
O martírio do amor proibido, impossível.
Sofro, sofro, sofro
mas tento sobreviver..

quarta-feira, novembro 11

Preço

Engraçado é o rumo que as coisas tomam quando deixamos de tentar controlar tudo! Um único deslize e me vejo novamente fissurado em outra pessoa, fissurado em uma pessoa hipócrita, covarde, medrosa. Amar o desconhecido nos proporciona um batimento mais forte dentro do peito, uma certa adrenalina, uma vontade de querer estar apaixonado. Toda nova experiência é algo inesquecível, algo único e como tudo na vida: nem sempre é boa.
Tenho pensado tanto em coisas que gostaria de não pensar. É difícil sofrer. Álias, tenho descoberto todos os dias que sofrer é quase sempre uma opção, algo injusto que proporcionamos a nós mesmos. Mas como não sofrer? Temos tantos porquês mal respondidos que é difícil poder concluir ou entender alguma coisa.
Mas, é como diz um grande amigo meu, existem coisas que não precisamos entender, e que precisamos apenas sentir, vivenciar.
Não sei muito bem a quantas ando, e tão pouco estou ciente de tudo o que estou fazendo. Viver é algo que ultrapassa qualquer entendimento. Só o que posso dizer é que já não sou mais o mesmo que um dia fui, já não vejo o mundo com os olhos de uma criança, acredito que cresci, que me tornei realmente alguém com desejos, vontades, opiniões...
Até que ponto as mudanças são positivas? Qual é o preço da felicidade? Ser feliz tornou-se algo irreal?

domingo, novembro 1

Me jogo.

Nossa!
Às vezes quando menos esperamos vem a vida e causa uma revolução em tudo o que esperávamos. Acho que me encontrei... Meu lugar é na pista, é com o povo, é no bar!
Por mais ridícula que seja a sua dança, às 2 da manhã ninguém mais repara no que você faz, ninguém se importa como você dança ou como você age.
Estou me jogando!
É difícil se desprender das crenças, dos preconceitos, das pessoas. O resultado que tive com isso foi ótimo! Adoro sentir prazer, adoro me sentir amado, cobiçado. Auto-estima é algo que devemos ter em alta!
Ooooooo, vou me jogar.

segunda-feira, outubro 19

Defina ideal!

Passamos a maior parte de nosso tempo sonhando, ou melhor, buscando encontrar o amor de nossas vidas. Mas, diariamente centenas de possíveis amores passam por nós sem que demos conta: a menina bonita que passou, o guri que ficou me olhando, a mulher que cumprimentou-me, enfim, pessoas que talvez não mais vejamos e que poderiam nos fazer felizes.

Mas como reconhecer a pessoa certa? Como saber se a moça ou o moço que acabou de passar seria a pessoa que mais amaria-me? Ninguém sabe dizer, ninguém poderia afirmar. Passamos tempo demais esperando o amor perfeito.

Talvez a resposta seja simples e única: o amor está em TUDO! Sim, está em todos. Passamos tanto tempo absortos na ilusão da pessoa ideal que não nos possibilitamos ser a pessoa certa. De uma vez por todas: NÃO EXISTE A PESSOA IDEAL!

Somos todos ideais, e isso denomina-se de acordo com o momento e a situação de cada um. Talvez o (a) seu (a) príncipe/princesa encantado (a) esteja mais próximo de você do que imagina, mas você não repara, você tem medo, você foge, resumindo...: você não se permite.

Existem coisas que passam e se perdem. Não podemos fazer de nossas vidas uma dessas coisas.

A impossibilidade torna-se algo irreal, desde que usemos e abusemos de todas as possibilidades para tornar possível aquilo que acredita-se ser impossível.

Vício

Viciado

É algo estranho
que faz de mim
um servo teu

Eu tento
me livrar, mas
uma atração, algo sobrenatural
me puxa, me leva até você.

Um imã.
É isso o que tu és.
Algo que o atrai o meu
coração de ferro e o

faz refém.
Como posso lutar
contra aquilo que tanto
amo?

Quando foi que fiquei tão dominado?
Você está em tudo que
me rodeia...
Eu a vejo nos
meus maiores devaneios.

A droga do seu eu
perdido no meu,
o meu vício.

segunda-feira, outubro 5

Ôoooou

Já não tenho mais tantas belas palavras para escrever por aqui.. Hoje já não é mais como antes. Me falta inspiração. E a naturalidade de expressar o que sinto já não vem com tanta clareza como costumava vir..
Ando por aí, atras de qualquer adrenalina. Qualquer coisa que me faça ter vontade de viver mais, que faça com que me sinta vivo. Procuro aventuras e paixões incomuns, que possam alterar um pouco o meu atual estado de espiríto.
Eu não sou triste. Não, eu não sou assim. Mas talvez eu queira realmente ser triste.. Não ligo para opinão alheia, não me iludo com a esperança de amores/amizades eternas, até porque a vida é mesmo assim, feita de momentos que tornam-se eternos mais pela forma como acontecem do que pela real importância das pessoas. O ser humano é podre! Tiro minhas próprias conclusões baseado em mim mesmo... Cansei de todas as mesmas hipocrisias!

terça-feira, setembro 8

Agora

Há dias que venho tentando buscar inspiração para conseguir escrever algo decente por aqui, mas até hoje ela não veio visitar-me. É como se eu estivesse oco!
Talvez isso se dê porque estou sentindo falta de amar. Sinto falta de algo que quando tenho não me completa por inteiro! O que mais me machuca diante de tudo isso é saber que nunca fui amado de verdade. Sim, nunca fui. Mas qual o problema nisso?
É, esse é o problema. Não me dói admitir isso e nem escrevo tudo isso por que quero que tenham pena de mim... Talvez um amor seja algo ilusório, ficticio. Na realidade, o ilusionismo é muito mais excitante. Gosto de deitar a noite e sonhar com alguém especial, sinto falta disso em todas as noites de frio. Sinto falta principalmente de beijos calorosos, de abraços que desejam ser mais que apenas abraços.
Talvez o amor esteja mais perto de nós do que realmente acreditamos que ele esteje, talvez tudo depende de permitir-se. Sim, permitir-se viver o amor. Deixar-se apaixonar, deixar de pensar em consequências... O amor pode ser uma das principais consequências que deixamos de pensar! As coisas não precisam durar para sempre para que sejam realmente verdadeiras, ou até mesmo inesquecíveis!
Basta deixar-se ser a pessoa certa no momento certo.
E é só isso!
Torçam para que em breve eu possa realmente possa escrever algo que tenha vindo do fundo de mim... É o que espero para hoje!

sexta-feira, agosto 28

Ah..

A vida é algo realmente cheio de mistérios... Mistérios esses que eu nunca consigo compreender, onde o certo é realmente deixar de tentar entender e saber o porquê de cada coisa... Algumas coisas apenas são como são...
Não entendo mais essa questão de amor, de justiça e de companheirismo.. Acredito sim que existem pessoas que nascem e sofrem a vida toda, mas a cada segundo vem a vida e me mostra que por alguns segundos essas pessoas foram felizes.. Sim, foram felizes! Tiveram seu momento de felicidade, de loucura, de amores e desamores.. Culpo o amor por tudo de ruim que acontece conosco.. Esse sentimento tão ambíguo, que vem mexe conosco, ilude-nos e logo abandona-nos sem dar nenhuma explicação... Me sinto tão vulnerável hoje, estou a mercê...
Acho que ando precisando de alguém que m entenda, que sinta o que eu sinto..

quarta-feira, agosto 12

Trechos...

"Eu perdi um pouco dessa coisa de humildade. Aprendi uma coisa que a análise me ajudou - a aceitar a minha grandeza, a aceitar o fato de ser bom. Porque te dá um medo filho da puta: ser feliz, medo de amar, medo de ser bom. Tudo que faz bem pra gente, a gente tem medo. E eu tô tranquilo, porque ocupei meu lugar e ninguém tasca mais. Foi o que sempre quis, era meu sonho".

"Não me sinto minoria, nunca me senti... Eu tenho horror a gueto. Quero viver num mundo diferente. Quero viver num mundo em que todo mundo conviva igual... Não faria parte de um gueto, nunca. Eu não gosto de andar só com preto, só com judeu, só com viado. Eu gosto de viver é com todo mundo junto. É uma experiência que eu tenho de vida. Me sentiria muito mal em levantar bandeira de qualquer coisa que fosse muito específico, portanto não quero levantar bandeira de minorias. Acho que a coisa tem que ser maioral". (Cazuza)

"Eu acredito no amor eterno. Ainda vou encontrar alguém para ficar para sempre. Enquanto isso não acontece, sou galinha mesmo. Um hora aqui, outra ali, no vaivém dos seus quadris, como digo na música. Mas quero até ter um filho. Já que sou pai dos filhos dos outros... Adoro crianças...".

"O mundo é azul
qual é a cor do amor?
o meu sangue é negro
branco, amarelo e vermelho.
[...]
As possiblidades de felicidade
são egoístas meu amor
viver a liberdade
amar de verdade
só se for a dois..."

domingo, agosto 2

Não eu

Hoje em dia o campo
me prece tão simples,
cheio de vida, porém
um bocado parado

Levar meus discos, meus
livros e meus amigos
parece-me uma forma
de isolamento do resto

do mundo.
E confesso que ele tem
andado tão nojento e
instável, que talvez

até seja interessante
privar-se de todos
em troca de segurança,
conforto e tranquilidade . . .

Mas não eu,
eu não me interno no meio
do mato para me livrar dessa
sociedade demente,

onde na
verdade eu consigo ser
pior do que eles.
Pior !

sexta-feira, julho 3

Imoral !

Os seus olhos!
Óh, como posso resisti-los?
Como negar que despertas
dentro de mim

um desejo escondido;
uma vontade retraída
que já não consigo
mais não pensar..

Teu corpo quente,
como brasa,
incendeia os meus instintos.
E esse teu olhar...

Ah! Esse teu olhar!
Ele convida-me. Não
posso mais me conter, pois
meus pensamentos

passam a ser todos teus.
Minha imaginação safada
já não conhece outro alguém,
e minha boca . . .

Minha boca deseja a boca tua,
deseja o corpo teu,
deseja o tudo teu.
Minha boca, tua boca,

Nossa boca!
Nossas bocas juntas
criando prazer, fazendo prazer,
sentindo prazer!

Você me enlouquece,
deixa-me vidrado e
fascinado com o teu toque,
o teu cheiro!

Óh desejo profano e safado
Afasta-te de mim
que eu já não quero
mais esse pecado.

Rogo à todos os anjos,
santos e forças sobrenaturais
que intercedam por mim
e não deixeis-me cair na tentação!

Livrai-me dos males
do meu desejo e abranda
o fogo que queima
a minha alma . . .

Eu rogo,
Eu peço,
Eu oro.
Mas, eu QUERO!

segunda-feira, junho 29

Hoje me sinto diferente...
Refletindo sobre como fui e como sou quase não me reconheço mais..
Acho que amo a tudo e quase todos.. É estranho estar apaixonado por vários rostos e sentir-se bem com isso.
Não tenho mais tanto medo da vida, quero vivê-la da forma que sempre quis.. Mas, não sei muito bem o que fazer... Diante de algumas situações volto a ser o mesmo de antes, mas tenho vontade de seguir em frente, quero experimentar e ver se gosto..
Queria estar seguro dos meus atos, mas acho que isso ng nunca fica.. Vou em frente, sem saber bem o que estou prestes a fazer, só sei que quero...

Começo a perceber que eu não presto! hahaha.. Isso me diverte!

quinta-feira, junho 25

Vontade de estar vivo, vivo de verdade...

Engraçado como o desenrolar da vida muda tudo e faz com que o que ontem era prioridade, hoje já nem seja lembrado. Na verdade, somos mais adaptáveis do que eu realmente creio que sejamos. Às vezes eu quero acreditar que as coisas são eternas, mas talvez o pra sempre tmb tenha um fim.
Hoje eu sinto vontade de sair, badalar, me divertir e conhecer rostos que ainda não conheci, tocar em corpos que não sei como são.. Ando querendo estar solto, livre e sem pudor.
Acredito que a melhor parte da vida vêm depois que nos livramos daqueles conceitos que nos impedem de viver e de curtir.. Não tenho, por enquanto, a intenção de grandes amores, até porque o meu amor foi embora e só o que me deixou foi uma carta com algumas páginas, que às vezes leio só para estar certo de que não me comovo mais. Estou com uma vontade imensa de viver, de uma forma que nunca vivi antes... Não mais assusto-me com o desconhecido, pelo contrário, sinto prazer..
Quero poder agir mais do que simplesmente esperar, a vida não corre até mim então correrei eu atrás dela..
Sinto medo de um dia olhar pra trás e ver que não fiz quase nada, não quero essa tristeza para mim.. Não quero a dor de morrer sem nem ao menos viver, porque aquele que não vive em vida, na morte já não terá chances.

terça-feira, junho 23

Por favor,

Medo.
Por favor,
não me olhe assim!
Às vezes parece

que você me lê.
Ou talvez...
Sei lá...
De repente, coisa pior!

Ei, mas por favor
Eu lhe imploro,
não pare.. Não pare, não pare
de olhar para mim.

Por favor, não pare.

quinta-feira, junho 18

É... não são minhas palavras, mas são! ;)

"Voltar a te ver, é tudo que eu quero fazer
Voltar a te ver, pra poder me recompor

(...)

A única coisa que eu quero é poder regressar
poder me esquivar de todas as balas e sobreviver
Seu amor é minha esperança e e tu minha munição
Por isso voltar pra você é minha unica missão."

sábado, maio 2

Em ti




Em ti

A sua falta me leva
a crer que sem ti
eu já não consigo mais
não pensar em outra

coisa que não seja você.
Mesmo depois de tanto
sofrer, meu coração tolo
e teimoso insiste em

amar novamente.
Já não sei mais quantos
sou, mas estou certo
que todo o meu ser

deseja-te de forma
incontestável; e admito
estar loucamente disposto
a permitir que você

me ame.
E que faça com que
toda a minha desilusão
se vá e que sobres

em mim a vontade de
amar de novo,
descobrindo em ti
um verdadeiro motivo

pra viver.
Ao teu lado eu quero
conhecer a vida e
viajar pelo mundo inteiro.


Arthur Albulquerque.

sexta-feira, abril 24

E é só.

Eu não sei.
Não sei mais o que fazer.

Eu não sei.
Não sei mais o que pensar.

Eu não sei.
Não sei mais em quem acreditar.

Eu não sei.
Não sei se fico ou se passo.

Eu não sei.
Não sei mais do que gosto ou do que não gosto.

Eu não sei.
Não sei como faço pra saber um pouco mais de mim.

Eu não sei.
Não sei, não sei, não sei.

Eu não sei.
Apenas não sei.
E é só.

segunda-feira, abril 20

Sei lá..




Olá
Eu esperei aqui por você
Por muito tempo
Esta noite
Eu entrei de cabeça
E de repente, do nada,
Ela cantou

Desça
E venha se acabar comigo
Devagar, do jeito que você queria que fosse
Eu estou louco e do nada ela cantou

E eu me pergunto
Quando eu canto com você
Se tudo poderia parecer real assim
pra sempre
Se qualquer coisa pudesse sempre ser
tão bom assim novamente
A única coisa que eu sempre
Irei te pedir
Você tem que prometer nunca
Parar quando eu disser "quando"
Ela cantou

Expire
Então eu posso te inspirar
Segurar você por dentro
E Agora
Eu sei que você sempre esteve lá
Fora de sua cabeça, fora de minha cabeça,
Eu cantei

E eu me pergunto
Quando eu canto com você
Se tudo poderia parecer real assim
pra sempre
Se qualquer coisa pudesse sempre ser
tão bom assim novamente
A única coisa que eu sempre
Irei te pedir
Você tem que prometer nunca
Parar quando eu disser "quando

domingo, março 22

Senhas - Adriana Calcanhoto

Senhas
Adriana Calcanhotto
Composição: Adriana Calcanhoto

Eu não gosto do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto (2x)

Eu aguento até rigores
Eu não tenho pena dos traídos
Eu hospedo infratores e banidos
Eu respeito conveniências
Eu não ligo pra conchavos
Eu suporto aparências
Eu não gosto de maus tratos

Mas o que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu aguento até os modernos
E seus segundos cadernos
Eu aguento até os caretas
E suas verdades perfeitas

O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu aguento até os estetas
Eu não julgo competência
Eu não ligo pra etiqueta
Eu aplaudo rebeldias
Eu respeito tiranias
E compreendo piedades
Eu não condeno mentiras
Eu não condeno vaidades

O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Não, não gosto dos bons modos
Não gosto

Eu gosto dos que têm fome
Dos que morrem de vontade
Dos que secam de desejo
Dos que ardem (2x)

Eu gosto dos que têm fome
E morrem de vontade
Dos que secam de desejo
Dos que ardem (5x)

quinta-feira, fevereiro 26

Final Feliz

Final Feliz

Tenho pensado tanto em você
que às vezes esqueço até de mim,
mas, é tão bom ficar a te querer
que posso até começar a sonhar com o fim...

Mas não o fim do fim,
e sim o principio de todas as coisas, de tudo entre nós
a chegada da minha alegria com oteu sim,
o encontro do seu mundo com o meu mundo!

Tiro as grades do meu coração
para que ele possa finalmente estar pronto para te receber
e deixar com que você o guie, como numa bela canção
Como na grandiosa melodia que há entre eu e você.

Sonho em um um dia deitar num jardim
com meus braços em volta de ti
e os meus olhos fitando cada pedaço teu.
Assim, viverei em busca do nosso final feliz.

E assim, você em mim irá encontrar-se
e todo esse nosso vazio
de uma vez por todas irá esvair-se
E você será o meu mar,
o meu porto seguro.

E eu serei a única estrela
existente no teu céu,
Serei a estrela que sempre irá brilhar
em algum lugar do seu coração.

domingo, fevereiro 22

Paz

Paz
Composição: Cazuza

Paz eu mereço paz
Na guerra de nervos
Que você faz
Paz eu quero paz
Meu bom rapaz paz
No apartamento apertado
Peço paz
No coração apertado
Peço paz
Peço paz na vida
Peço paz na morte
Paz

quinta-feira, fevereiro 12

Hoje que já não é mais o mesmo que amnhã e muito diferente de depois de depois de depois de amanhã.. xD

Ultimamente eu tenho andado tão sei lá.. Tão liberal, tão errado.. Acho que já não me reconheço mais em frente ao espelho! Mas, confesso que gosto do que estou me tornandoo.. Sem preconceitos, sem expectativas.. Simplesmente estou vivendo, pode ser que as coisas não sejam da forma que eu gostaria que elas fossem, mas estou me sentindo bem assim..
Ainda tenho muitos medos.. Medo de cantar, de voar, de ser feliz.. Medo de não causar uma boa impressão, de não ter ninguém para amar.. Medo de perder a inspiração, de me tornar outro e esquecer quem eu sou...
Hoje faço coisas que sonhei fazer no passadoo. A vida é bem engraçada. Às vezes sinto inveja de algumas coisas, mas ainda assim me sinto bem da forma que estou.
Queria poder acreditar mais no próximo, mas a maioria das pessoas são tão podres, mas fazer o que? A humanidade tem lá seus defeitos, e como têm!
Enfim, há tempos que não escrevia aqui então acho que isso é um pouco do que sinto agora, mas que pode ser algo que eu já não sentirei mais amanhã..
Até porque muitas mudanças alcançam o nosso ser, posso ser assim e daqui a pouco não.. ushusahusahusa.. Enfim.. Ainda bem menos inconstante do que antes, mas ainda continuo sendo "humano"..

Só o trecho de uma música que tenho ouvido todos os dias e que talvez toquem algo dentro de vocês... ^^

"E eu preciso de você agora, de algum modo
Abra fogo nas necessidades planejadas
estou de joelhos por você
Abra fogo nos meus joelhos,
E eu desejarei não estar mais com você
E você é minha obsessão
Eu te amo até os ossos
E você destrói minha vida
Como uma vida de anorexia..."

sábado, janeiro 10

Intenso e inconstante...

É, eu acredito mesmo que estou mudando.. Deixando de ser aquele grande mistério, mas ainda assim mantendo um pouco dos meus segredos.. Tentando me permitir algumas coisas... Mas, ainda existem tantos pré-conceitos, tantos medos e tanta insegurança.. Mas, sei que isso passa.. Existem mil formas de se ver tudo. E apenas eu posso decidir se uma coisa é boa ou ruim... Por mais compreensível que seja eu defino tudo! Eu sou dono da minha vida, do meu destino, do meu rumo... Eu sou dono de mim!
Ho! Estou mudando... Sim, estou mudando..
Ainda intenso, mas não mais tão inconstante! xD