Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, julho 3

Imoral !

Os seus olhos!
Óh, como posso resisti-los?
Como negar que despertas
dentro de mim

um desejo escondido;
uma vontade retraída
que já não consigo
mais não pensar..

Teu corpo quente,
como brasa,
incendeia os meus instintos.
E esse teu olhar...

Ah! Esse teu olhar!
Ele convida-me. Não
posso mais me conter, pois
meus pensamentos

passam a ser todos teus.
Minha imaginação safada
já não conhece outro alguém,
e minha boca . . .

Minha boca deseja a boca tua,
deseja o corpo teu,
deseja o tudo teu.
Minha boca, tua boca,

Nossa boca!
Nossas bocas juntas
criando prazer, fazendo prazer,
sentindo prazer!

Você me enlouquece,
deixa-me vidrado e
fascinado com o teu toque,
o teu cheiro!

Óh desejo profano e safado
Afasta-te de mim
que eu já não quero
mais esse pecado.

Rogo à todos os anjos,
santos e forças sobrenaturais
que intercedam por mim
e não deixeis-me cair na tentação!

Livrai-me dos males
do meu desejo e abranda
o fogo que queima
a minha alma . . .

Eu rogo,
Eu peço,
Eu oro.
Mas, eu QUERO!