Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, março 28

F.P.

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

*.*

Meu coração tem sempre tantos questionamentos, porém meus olhos não perguntam nada.Por isso de vez em quando, “fecho os olhos pra não ver passar o tempo”.
Nasci com três vidas. Uma longa para os meus amores, outra média para a minha imaginação e uma, a mais breve, para mim.Apesar do desespero que é amar, o amor é sensacional.Embora a imaginação nem sempre possa se materializar, imaginar é extraordinário.E ainda que a vida tenha um fim, viver vale a pena por causa do mistério do sim.
Lá parece sempre melhor do que aqui.Mas quando vou lá quero estar aqui e quando estou aqui quero voltar para lá.Sonho que um dia o lá se torne para sempre o meu aqui...

quinta-feira, março 27

Meu teste

Gente fiz um tal de teste das Cores..
E eu achei que deu muito a verdade..
Aí eu posteii..
Prometo fazer um esforcinho pra mudar..
Quem quiser ler... Leia... ;)


:

Alex,


Como você opera, age, frente aos seus objetivos e desejos:
Sente que a situação é irremediável. Resiste vigorosamente as coisas que considera desagradáveis. Tenta proteger-se contra qualquer coisa que possa irritá-lo ou fazê-lo sentir-se mais deprimido.

Está sofrendo de superestimulação contida, que ameaça descarregar-se numa explosão de comportamento impulsivo e arrebatado.

Suas preferências reais:
É sensível e compreensivo, mas está sob certa tensão; precisa soltar-se na companhia de alguém que lhe seja íntimo.

trabalha bem em cooperação com outros. Precisa de uma vida pessoal de compreensão mútua , e de estar livre de discórdia.

Sua situação real:
Insiste em que suas esperanças e ideais são realidade, mas precisa de reafirmação e estímulo. É egocêntrico; portanto ofende-se com facilidade.

Insiste em que suas esperanças e ideais são realidade, mas precisa de reafirmação e estímulo. É egocêntrico; portanto, ofende-se com facilidade.

O que você quer evitar:
Interpretação fisiológica: Tensão resultante de comedimento excessivo na tentiva de obter consideração e estima dos outros. Interpretação psicológica: Necessidade insaciável de aliar-se a outros cujos padrões sejam tão elevados quanto os seus, e de sobressair acima do vulgo. Isto o sujeita a considerável tensão, mas se atém as suas atitudes a despeito da falta de amizade. Considera a situação desagradável e gostaria de livrar-se dela, mas recusa-se a transigirem suas opiniões. Incapaz de solucionar a situação porque adia continuamente a tomada da decisão necessária, já que duvida da sua capacidade de resistir a oposição que então surgiria. Precisa da estima dos outros, que os demais concordem com seus desejos e tenham respeito pelas suas opiniões, para qua se sinta confiante e seguro. Em suma: Exigência de estima, obstinada mas ineficaz.

Seu problema real:
As tensões provocadas pela tentativa de enfrentar condições que realmente estão além de sua capacidade ou reservas de energia têm levado a considerável ansiedade e a uma sensação de inadequação pessoal inconfessada. Sua incapacidade de impor sua vontade faz com que reaja com excesso em obstinado desafio e atribua aos outros toda a culpa dos seus próprios fracassos.

A necessidade de estima - de uma oportunidade para desempenhar algum papel importante e adquirir renome - tornou-se imperiosa. Reage insistindo em ser o centro de atenção e se recusa a desempenhar papel impessoal ou secundário.

quarta-feira, março 26

=)

"Sem horas e sem dores
Respeitável público pagão
a partir de sempre
toda cura pertence a nós
toda resposta e dúvida
todo sujeito é livre para conjugar o verbo que quiser
todo verbo é livre para ser direto ou indireto
nenhum predicado será prejudicado
nem tampouco a vírgula, nem a crase nem a frase e
ponto final!
afinal, a má gramática da vida nos põe entre pausas,
entre vírgulas
e estar entre vírgulas é aposto
e eu aposto o oposto que vou cativar a todos
sendo apenas um sujeito simples
um sujeito e sua oração
sua pressa e sua prece
que a regência da paz sirva a todos nós... cegos ou
não
que enxerguemos o fato
de termos acessórios para nossa oração
separados ou adjuntos, nominais ou não
façamos parte do contexto da crônica
e de todas as capas de edição especial
sejamos também o anúncio da contra-capa
mas ser a capa e ser contra-capa
é a beleza da contradição
é negar a si mesmo
e negar a si mesmo
é muitas vezes, encontrar-se com Deus
com o teu Deus
Sem horas e sem dores
Que nesse encontro que acontece agora
cada um possa se encontrar no outro
até porque...

tem horas que a gente se pergunta...
por que é que não se junta
tudo numa coisa só?"

[O TEATRO MAGICO - Sintaxe à Vontade]

terça-feira, março 25

Jesus Numa Moto

Jesus Numa Moto ...

Preso nessa cela
De ossos, carne e sangue
Dando ordens a quem não sabe
Obedecendo a quem tem

Só espero a hora
Nem que o mundo estanque
Pra me aproveitar do conforto
De não ser mais ninguém

Eu vou virar a própria mesa
Quero uivar numa nova alcatéia
Vou meter um "Marlon Brando" nas idéias
E sair por aí

Pra ser Jesus numa moto
Che Guevara dos acostamentos
Bob Dylan numa antiga foto
Cassius Clay antes dos tratamentos
John Lennon de outras estradas
Easy Rider, dúvida e eclipse
São Tomé das Letras Apagadas
E Arcanjo Gabriel sem apocalipse

Nada no passado
Tudo no futuro
Espalhando o que já está morto
Pro que é vivo crescer

Sob a luz da lua
Mesmo com sol claro
Não importa o preço que eu pague
O meu negócio é viver

quinta-feira, março 20

...

Foi um momento
O em que pousaste
Sobre o meu braço
Num movimento
Mais de cansaço
Que pensamento,
A tua mão
E a retiraste.
Senti ou não?
...

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

Fernando Pessoa...

Amor Meu Grande Amor...

Amor, Meu Grande Amor
Barão Vermelho
Composição: Angela Ro Ro e Ana Terra

Amor, meu grande amor
Não chegue na hora marcada
Assim como as canções
Como as paixões
E as palavras...

Me veja nos seus olhos
Na minha cara lavada
Me venha sem saber
Se sou fogo
Ou se sou água...

Amor, meu grande amor
Me chegue assim
Bem de repente
Sem nome ou sobrenome
Sem sentir
O que não sente...

Que tudo o que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim, até o começo...

Amor, meu grande amor
Só dure o tempo que mereça
E quando me quiser
Que seja de qualquer maneira...

Enquanto me tiver
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Me reconheça...

Que tudo que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo...

Amor, meu grande amor
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Por favor, me reconheça...

Pois tudo que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo.

segunda-feira, março 17

O livro da Vida...

Vida...

Será que estamos sendo realmente o que queremos ser? Damos importância demais para as opiniões dos outros sobre nós. Às vezes acabamos agindo de forma que não gostaríamos de agir. Começamos vivendo pequenas mentiras e quando percebemos nós somos a enorme mentira.
Você pode fazer tudo perfeito que ninguém nota ou te elogia, mas cometa apenas um errinho e será condenado por isso pelo resto da vida.
Nada é muito certo. Ninguém é muito humano. Vivemos em um mundo altamente egoísta onde ninguém têm piedade de ninguém.
A vida é meio assustadora. É apavorante a insegurança que nos domina ao pensar no futuro. O que ou quem vamos ser daqui a 10 anos?
Às vezes tudo parece um pouco injusto. Perdemos tanto tempo nos lamentando por causa das nossas angústias que acabamos desperdiçando algo valioso que não volta mais. Quem vive de lamúrias não vive, vegeta.
Nunca deixaremos de ter problemas e quando conseguimos desatar um nó, vem a vida com mais um. Devemos mesmo é aproveitar e viver enquanto o próximo nó ainda está frouxo.
Não sei como estarei a 10 anos. A única certeza que gostaria de ter é a de que fiz tudo o que pude, e realmente vivi. Quero poder ver que não me deixei abalar pelo o que disseram ou fizeram. Quero apenas ser FELIZ. Não importa como, se for rico, se for pobre; não importa. Não preciso que alguém sinta orgulho de mim, pois eu estarei orgulhoso. Sentirei-me extremamente satisfeito ao notar que não fui apenas mais um. Ao perceber que quebrei “tabus” e que enfrentei o preconceito e a descrença de todos, alcançarei o clímax da vida e provarei os orgasmos que a vida continuará a me oferecer.
É necessário força de vontade e perseverança. Nada vai ser fácil e conforme o tempo passe as coisas vão piorando, porque afinal de contas à tendência é sempre piorar, mas devemos sempre olhar o lado bom da chuva que cai e não a faceta do raio que destrói.
Somos os escritores deste livro chamado VIDA. Temos o livre-arbítrio para darmos a ele o gênero que quisermos: Romance, Ação, Aventura, Drama...
Ninguém é culpado por nossos erros. Seremos aquilo que quisermos ser.
Hoje em dia, felicidade, amor e paz são coisas que devem ser conquistadas e que não vêm fácil.
Você pode escolher ter uma história de ficção ( cheia de razão, mediocridade e hipocrisia ) ou uma baseada em fatos reais ( digna, sincera e sofrida ). O livro da vida espera por você.. Então tudo só depende de VOCÊ!

sexta-feira, março 14

Blues da Piedade

Blues da Piedade

(Cazuza e Frejat)

Agora eu vou cantar pros miseráveis
Que vagam pelo mundo derrotados
Pra essas sementes mal plantadas
Que já crescem com cara de abortadas
Pras pessoas de alma bem pequena
Remoendo pequenos problemas
Querendo sempre aquilo que não têm
Pra quem vê a luz
Mas não ilumina suas minicertezas
Vive contando dinheiro
E não muda quando é lua cheia
Pra quem não sabe amar
Fica esperando
Alguém que caiba no seu sonho
Como varizes que vão aumentando
Como insetos em volta da lâmpada
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem
Quero cantar só para as pessoas fracas
Que estão no mundo e perderam a viagem
Quero cantar o blues
Com o pastor e o bumbo na praça
Vamos pedir piedade
Pois há um incêndio sob a chuva rala
Somos iguais em desgraça
Vamos cantar o blues da piedade
Vamos pedir piedade...

...

http://www.doutrina.linear.nom.br/artigos/Novo/Situa%E7%E3o%20Cr%EDtica%20da%20FFAA.htm
Leiam...

terça-feira, março 11

=)

Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no elipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

Carlos Drummond de Andrade

...

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,

Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo : "Fui eu ?"
Deus sabe, porque o escreveu.

Fernando Pessoa...

quarta-feira, março 5

O exímio sentimento da Amizade...




O último carente

Preciso desesperadamente de afeto e de amizades,
necessito de uma enorme dose de atenção
misturado com um pouquinho de carinho
e uma grande pitada de confiança.

Sou extremamente sensível e
qualquer coisa que me mostre
uma "não amizade" consegue
fazer com que eu fique morimbundo e cabisbaixo.

Sonho com alguém que olhe nos meus olhos
e preste atenção nas bobagens que eu falo.
Alguém que aceite-me com esse meu jeito bobo de ser
e que me conheça melhor que ninguém.

Preciso de alguém que goste das minhas qualidades,
que entenda minhas dificuldades e que respeite meus inúmeros defeitos.
Alguém que só de olhar-me nos olhos saberia
exatamente o que estou sentindo, pensando ou querendo.

Me empenho muito nessa busca desvairada
e sofro demais com as consequências causadas.
Espero que um dia esse outro "E.T." me encontre
e mostre-me que a amizade não é um fato consumado.

Quero ser importante na vida de alguém
Ser o primeiro de alguma listinha e
O único a ser consultado quando há algo errado.
Resumindo, quero simplesmente ser amigo de alguém.

~*~

Sou um jovem confuso, instável e sem virtude alguma.
Me sinto solitário. Um zero à esquerda.
Sinto muito a falta de amigos! Queria ter alguém pra conversar, contar meus segredos, chorar e brincar.
AS pessoas estão sempre acostumadas a me ver sorrindo e brincando e talvez achem que eu não precise de afeto e atenção. Sou extremamente carente. Gosto de demonstrações públicas de carinho e de confiança. Eu preciso dessas coisas... Sou sempre o último das listinhas e eu odeio notar as preferências das pessoas. É triste não ser o preferido de alguém.
Já me acostumei ao fato de que as pessoas só me procuram quando estão precisando de ajuda, e eu gosto muito de ajudar, me sinto útil. Mas todo mundo precisa sentir-se querido e amado.
Eu exijo demais de todo mundo. Sonho em ter um amigo que seja honesto e verdadeiro, que saia pra zuar comigo, que tenha objetivos, ideias e ideologias parecidas com as minha, que me entenda e que não me ache um porre de gente. Queria um amigo que parecesse comigo, que me desse conselhos e que dissesse verdades que eu precise ouvir. Ah, eu sei.. Quero praticamente algo impossível.
Mas, não sinto auto-piedade de mim mesmo. Tento valorizar as pessoas que fazem com que eu me sinta importante, tenho esperanças de um dia ter o amigo que sonho ter. Só espero que um dia esse dia chegue...

Ufaaaa! Desabafei... =p ... Vai aí um texto do Chaplin que expressa o que eu sinto... :

Preciso de alguém que me olhe nos olhos quando falo, que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.
Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado; alguém Amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso odia-lo por isso.
Neste mundo de céticos, preciso de alguém que creia, nesta coisa misteriosa, desacreditada, quase impossivel de encontrar: A Amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.
Preciso de um Amigo que receba com gratidão o meu auxílio, a minha mão estendida. Mesmo que isto seja pouco para as suas necessidades.
Preciso de um Amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade, grite em coro comigo:
"Nós ainda vamos rir muito disso tudo"
Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher o meu Amigo.
E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira, a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela...

....

terça-feira, março 4

Lamentável...




Algumas pessoas encaram algumas verdades como duras de se ver.. Mas, acho ridículo essa mania que todo mundo tem de finjir que não acontece, e qdo vê algo do tipo fica espantado..
A enorme desigualdade que aflige o mundo me enoja!
Nos damos tanta importância né!? Reclamamoos de pequenos problemas, enquanto eles não têm forças nem para isso..
Podemos sim fechar os olhos e dizer " não é comigo..", mas aos poucos os homens estão se matando... Isso tem ficado cada vez mais nítido.. A corda sempre arrebenta para o lado mais fraco primeiroo..
Hoje podem ser essas pobres pessoas, mas amanhã quem sabe num é na sua cidade/bairro/casa..
A tendência é sempre piorar, então se não nos solidariezarmos para com essas pessoas talvez amanhã não haja mais ninguém aqui pra contar história ou pra reclamar de alguma coisa... Seja essa coisa uma unha quebrada, ou um cabelo bagunçadoo.. Não importa, mas aos poucos nós mesmos estamos matando uns aos outros, seja por causa do desperdício de água, do aquecimento glogal ou do próprio egoísmo que adquirimos ao longo dos anos.
Me sinto tão impotente vendo essas situações que me envergonho de toda a minha espécie.. Costumo dizer que o "Bicho-Homem" é o maior vilão de todos os tempos.. Assim como será ele o responsável pela extinção de sua espécie!
A Humanidade é burra, cômoda e hipócrita!
E , a única solução que vejo pra isso será arremessar uma bomba atômica ( haja bombas hein!? ) em todas as cidades do mundo ( pra garantir que num vai sobrar nem um FDP ) e quando o piloto ( ou sei lá quem que estiver no avião ) acabar , ele se joga lá de cima...
Ah,, aí sim tudo estaria em paz...
Mas.. Vamos ver onde tudo isso vai dar né!?



“Tem gente passando fome.
E não é a fome que você imagina entre uma refeição e outra.
Tem gente sentindo frio.
E não é o frio que você imagina entre o chuveiro e a toalha.
Tem gente muito doente.
E não é a doença que você imagina entre a receita e a aspirina.
Tem gente sem esperança.
Mas não é o desalento que você imagina entre o pesadelo e o despertar.
Tem gente pelos cantos.
E não são os cantos que você imagina entre o passeio e a casa.
Tem gente sem dinheiro.
E não é a falta que você imagina entre o presente e a mesada.
Tem gente pedindo ajuda.
E não é aquela que você imagina entre a escola e a novela.
Tem gente que existe e parece imaginação.”

(Ulisses Tavares)