Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, dezembro 2

Quando me apaixono

Eu não gosto de amar,
me dói tanto sofrer por um amor
tão impossível, sempre dói
machuca e maltrata


Como pode o amor ser algo assim tao carrasco?
Eu sinto tanto, tanto medo.
Tenho um coração fracassado,
sempre sonhando e pensando


Sonhando e querendo,
amando e sofrendo.
Quando me apaixono eu me entrego,
me entrego tanto e de forma tão profunda


que não meço mais as coisas,
não me importo de ter o controle
Permito doar o meu coração
para um outro coração..


Queria alguém que me aquecesse,
que me sorrisse pela manhã,
que me desse um bom dia com a boca escancarada de dentes.
Mas eu não tenho, nunca consegui...


Às vezes eu me engano,
me concedo alguns momentos de ilusão.
Sofro calado quando há tristeza nos olhos teus,
olhos que estão tristes sofrendo por outro alguém..


E então eu me vejo triste duas vezes,
por não poder ser teu, por não poder ter você...
Me perco dentro do eu
perdido entre um turbilhão de sensações e sentimentos.


Eu gosto de azul com rosa,
quero apenas ser feliz
a minha cor é a cor do amor,
e a minha dor


É apenas mais uma dor
que vem todos os dias
que sinto toda vez que penso
e imagino o quão bom você seria para mim...


Eu penso em você todos os dias,
eu pensei em você há todo instante quando esteve distante
eu penso mais em você do que em mim
Eu me vejo em você, eu me sinto em você


Estou me afogando nesse turbilhão de coisas,
paixão dói e maltrata e comigo nunca é boa
Hoje eu queria apenas estar com alguém
sabe lá quem..Talvez até um pitoquinho, um tequinho de gente...

16 comentários:

Luciana Amancio disse...

Eita Ale que texto bonito.. humm eu acho que tem gente amando..rsrsrrs
Bjuss

nanda disse...

Nossa que lindo Alê!!!...adorei muito bonito,esse foi bem profundo...

bjos

tαti disse...

Adorei, adorei, adorei...
Perfeito =D
Não vou mentir, você conseguiu encher os meus olhos de lágrimas lendo isso *-*

Moimeichego disse...

Tbm sempre gostei das coisas que escreve, são muito profundas e dizem muito de vc, está pessoa que eu tentei conhecer e me confundi...rsrrss
Vamos construir um poema juntos....? Eu faço um verso e vc outro...


"Busquei você em meus cadernos
Procurei te entender em tantos livros
Tentei te contar nos meus versos"
Mas não há palavras

Anex Santis disse...

O amar e o se entregar jamais devem andar separados do observar e se situar, jamais existe entrega total senão se tem uma compreensão justa de quem vc vais e entregar...bom texto rapaz

Fer. disse...

Nossa Alê que texto lindo, muito foda!
*--------*
bjos

Fer. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Fernanda disse...

Amor que te evoca e faz sonhar, seria tão bom ter alguém para amar. E tu tão distante e impróprio pra mim, poeque decidiste me deixar enfim. O sol poente me declara, sim, estou completamente apaixono por ti. És claro, tão intenso, tão mágico, tão poético. Queri-te por mim, minha felicidade as vezes penso depender de ti. Então é quando lembro de amor que sonho, que nunca alcanço, tão longe, lá de longe, longe onde toda a beleza do mundo se esconde no brillho do teu olhar, sonho meu.

thathah disse...

Nossa...que lindo...muito bom viu alÊ

bjos

Moimeichego disse...

"Busquei você em meus cadernos
Procurei te entender em tantos livros
Tentei te contar nos meus versos"
Mas não há palavras

Não há nada que me diga um pouco de você.
Quanto mais eu queria, mais você me confundia
Mais me deixava preso a você
e assim eu me perdia"

A cada nota não ouvida
A cada palavra então mentida
Eu 'inda louco me apaixonava
Por alguém que eu não sabia

Moimeichego disse...

Você estava nos meus versos
Era você a minha eterna poesia
Me embebia em seu segredos
Novo amor e falsa agonia

Moimeichego disse...

Já era tarde, o pior acontecera,
Estava então embriagada pelo desejo
Tragada pelas ondas de seu cabelo
Envolvida em suas aliteradas rimas

Nath disse...

Lindo,muito lindo
me identifiquei perfeitamente com o texto

lana'..' disse...

'ual.. juro qe esse me fez chorar!!

gostei muito das palavras usadas.. e do seu contexto..


amo!sempre..

Moimeichego disse...

Olha como ficou:

"Busquei você em meus cadernos
Procurei te entender em tantos livros
Tentei te contar nos meus versos"
Mas não há palavras

Não há nada que me diga um pouco de você.
Quanto mais eu queria, mais você me confundia
Mais me deixava preso a você
Assim eu então me perdia"


"Você estava escondida nos meus versos
Visitava diversas vezes durante o dia
Meus pensamentos que não eram mais
Tão somente meus..."


A cada nota não ouvida
A cada palavra então mentida
Eu 'inda louco me apaixonava
Por alguém que eu não sabia

E me entregava
Ao mesmo tempo me perdia.
Eu com um emaranhado de sentimentos
De sensações não vividas.."

Você estava nos meus versos
Era você a minha eterna poesia
Me embebia em seu segredos
Novo amor e falsa agonia

Já era tarde, o pior acontecera,
Estava então embriagada pelo desejo
Tragada pelas ondas de seu cabelo
Envolvida em suas aliteradas rimas

Te levava
Em meus mais belos devaneios
Sentia aquela sensação
Eximia e dilacerante.."


Acho que está perfeito, precisamos somente dar um nome...

Moimeichego disse...

Acho que já sei:

Meus versos

mas vamos acrescentar mais este verso:
E fiquei daqui
Te procurando em meus cadernos
Escrevi você em meus versos
Pra embranquecer as minhas rimas.


Já publiquei no meu blog, dá uma olhada.